Existem todos os tipos de sais diferentes. As misturas de minerais podem variar dependendo de onde o sal é colhido e existem vários métodos de processamento do produto.

De acordo com o site Tasting Table , a variedade de sais do mar é quase infinita porque você pode produzir sal de qualquer lugar onde haja água salgada. Água da costa havaiana cria ‘sal marinho de águas profundas de Kona’

, e o sal extraído na região de Punjab, no Paquistão, torna-se rosa devido a vestígios de óxido de ferro, criando ‘sal rosa do Himalaia’.

+ Restaurante japonês que fez festa de swing lança prato chamado “suruba”
+ Saiba como melhorar seu sono de uma vez por todas
+ Biscoito Oreo Lady Gaga é lançado com a caça ao tesouro no Twitter e promoção por influenciadores
+ Ana Maria Braga ensina receita de leite condensado caseiro
+ Erick Jacquin mostra foto antiga e fãs brincam: ‘Luan Santana mais novo’

Embora cada tipo de sal tenha um sabor diferente (especialmente aqueles misturados com temperos como trufas ), todos eles têm um teor de sódio semelhante. Infelizmente, a maioria das pessoas não sabe que um tipo de sal não é mais saudável do que outro

. Em uma pesquisa de 2011 da American Heart Association , 61% das 1.000 pessoas pesquisadas pensavam que o sal marinho é uma alternativa com baixo teor de sódio ao sal refinado de cozinha. É verdade que o sal kosher e alguns sais marinhos contêm menos sódio em volume porque seus flocos são maiores do que o sal de mesa. Mas o sal de cozinha e a maioria dos sais marinhos contêm a mesma quantidade de sódio em peso: 40%.

Então vá em frente e use sal marinho se você gosta do sabor, mas na verdade não será mais saudável do que o sal comum.